Câmbio automático permite reduzida brusca em emergência?



Antes item de luxo no país, o câmbio automático começa a se popularizar entre os brasileiros. No último domingo, o G1 explicou como utilizar, de forma correta, esse tipo de câmbio e, entre as diversas dúvidas de leitores, muitos quiseram saber se, em emergência, uma redução de marcha brusca poderia ser feita. A resposta é sim. O especialista Ricardo Lopes da Fonseca explica que basta puxar a alavanca para a próxima posição, que deve ser a 3 ou 2. No caso de o carro contar com câmbio seqüencial, será preciso mover a alavanca para a direita e empurrar em direção ao sinal de menos (-). 

 

  • O meu Toyota Corolla é automático, no câmbio tem dois botões. Para engatar a marcha preciso apertar o maior? E quanto ao menor que acende uma luz amarela no painel, para que serve? E posso usá-lo em quais situações?


O botão maior é utilizado para mover a alavanca entre as posições. Sem apertar esse botão a alavanca fica travada, principalmente na posição P, quando parado ou estacionado. Já o botão menor é um dispositivo chamado “overdrive” e é identificado pela sigla O/D. Na prática trata-se de acionar uma sobre marcha, que no caso do Corolla seria a quarta marcha. Pode utilizá-lo o tempo todo ativado, porém para fazer uma ultrapassagem ou pegar uma subida íngreme é recomendável desativar.

No câmbio automático, quando estamos dirigindo em estrada, é possível fazer uma reduzida brusca (em emergência), para reduzir a velocidade? 

É possível sim. Nessa condição, o motorista estará com o câmbio posicionado em D (drive). Em situação de emergência que exige uma redução, basta puxar a alavanca para a próxima posição, que deve ser a posição 3 ou 2. No caso de o carro contar com câmbio seqüencial, será preciso mover a alavanca para a direita e empurrar em direção ao sinal de menos (-). Cada empurrada reduz uma marcha.

Versão 1.8 do Meriva tem opção com transmissão automatizada

Qual é a diferença do câmbio automático para o automatizado (este automatizdo, que equipa o Meriva e o novo Linea)? 

O cambio automático - como foi descrito na matéria – conta com conversor de torque e circuitos hidráulicos e seu funcionamento é automático. O câmbio eleva e reduz as marchas de acordo com a velocidade e rotação do motor. Já o automatizado preserva a dinâmica do câmbio manual tradicional. Seu funcionamento se dá com a ajuda de embreagem automática e de pequenos servomotores. Assim não tem o pedal da embreagem também. As marchas são engatadas de forma seqüencial, assim o motorista fica o tempo todo mudando-as. No Fiat Stilo, o câmbio conta também com as borboletas atrás do volante. O melhor é o custo, menor quando comparado ao câmbio automático. Ainda tem desempenho e economia compatíveis com os modelos manuais. 

No caso de um aclive, como vou conseguir controlar o veículo de câmbio automático, sendo que quando há embreagem o controle segue por ela sem uso de freio de mão? Neste caso, uso a embreagem e o acelerador para segurar o veículo, e no automático? 

No automático é sempre importante ficar com o pé no freio. Tanto em subidas quanto descidas. Se você está em um aclive e pára em um cruzamento, por exemplo, o correto é ficar com o pé no freio. Ao arrancar tira-se o pé do freio e acelera. O procedimento é o mesmo que o manual, porém sem a utilização da perna esquerda. 

Há alguma relação ou necessidade de se posicionar a alavanca en "N" quando o carro estiver parado devido ao trânsito intenso?


Necessidade não há. O correto é até permanecer em D. Quando o conjunto está em funcionamento, o câmbio está com sistema de lubrificação ativo e assim se permanecer na posição D por um período não tem problema algum. Colocar a alavanca na posição N pode oferecer um pouco mais de conforto em um trânsito pesado e talvez alguma economia de combustível.

Notícias Automobilismo | Últimas Notícias do Mundo dos Autos

Tudo Sobre Transmissão | Visite Nossa Biblioteca Técnica Automotiva

  • Mecânica Básica
  • Como funciona um câmbio AT?
  • Transmissão Automática o Segredo!
  • Grande aula sobre Transmissão
  • Biblioteca do Reparador
  • Dados técnicos de Câmbios
  • Esquemáticas de Câmbios
  • Aulas básicas de reparação

Fale Conosco / Contato | Nossa Equipe Está Pronta para Ajudar

Email
Assunto
Mensagem
You are here: Página Inicial Você está: Biblioteca Você está: Transmissão Automática Você está: Câmbio automático permite reduzida brusca em emergência?